O café é uma atitude positiva

0
178
Renato Martins em seu home office tomando café

Ele não tomava café até os 30 anos de idade, era considerado uma exceção entre os colegas jornalistas. Até que assumiu como chefe de redação no grupo Band e passou a ter uma térmica na sua sala, para as reuniões. “Comecei a fazer reuniões regadas a café e desde então nunca mais larguei o hábito”, comenta o jornalista Renato Martins.

Hoje Renato é empreendedor no segmento da comunicação. Criador da plataforma Atitude Positiva , tem disseminado os conceitos de uma comunicação voltada para as boas notícias em diferentes canais – em suas redes sociais, blog, podcast, palestras e treinamentos. E sempre com um café por perto.

Nestes tempos de confinamento, por conta do Covid-19, Renato tem ainda mais o café como combustível. “O café é um grande companheiro de trabalho, nas minhas madrugadas de criação e ajuda a aproximar as pessoas. Só de sentir o cheirinho da bebida sendo passada, já dá um bem estar”, comenta. Para ele, tomar café é uma Atitude Positiva, pois energiza, deixa a gente mais atento, esperto, ágil e com mais vontade de viver. 

Em Porto Alegre, suas cafeterias preferidas são A Brasileira, no Centro Histórico, e Leiteria 639, próximo ao Parque da Redenção. Renato também aprecia frequentar as padarias e confeitarias do Menino Deus, onde mora. E nas madrugadas gosta de tomar um café no Ecoposto, da Av. Ipiranga.

Seus métodos preferidos são o passado e o espresso. Recentemente, começou a gostar também de cappuccinos gelados. Agora, com o confinamento, está se virando com o café passado mesmo, que faz depois do almoço e à noite para trabalhar.

Café e cinema

Renato também considera o café um ótimo companheiro para se apreciar um bom filme. Cinéfilo assumido, o jornalista também produz e apresenta o programa Cena de Cinema , distribuído para várias emissoras de rádio e na Internet.

Ele confessa que chega mais cedo na sessão de cinema só para pegar um cappuccino na bombonière, antes do filme. E agora, vendo mais filmes em casa, também não dispensa uma xícara ao lado da poltrona.