Café e cultura startup

0
96

Você certamente já ouviu falar de cultura organizacional … é aquele jeito de ser que caracteriza uma empresa. E startup, você sabe o que é? Trata-se de um novo modelo de negócio, mais leve e flexível, em um cenário tecnológico e de mudanças constantes. Se juntarmos os dois conceitos, teremos o que se pode chamar de “Cultura Startup“, um novo padrão de comportamento no ambiente profissional, que está influenciando muitas organizações nos dias de hoje.

E o que tudo isso tem a ver com café? A cultura startup privilegia a colaboração e construção coletiva. Também permite uma postura mais informal e menos hierarquizada nas relações de trabalho. O acesso à liderança é mais ágil e o compartilhamento de informações acontece como prática cotidiana.

Com horários de trabalho mais flexíveis, arquiteturas que convidam à integração e ao engajamento, a cultura startup é regada por uma bebida energética e que é sempre um bom pretexto para a troca de ideias – o café.

Em muitas empresas de cultura startup, o espaço do café (conhecido como Coffee Corner) roubou o destaque da antiga sala de reuniões. Ali temas importantes são debatidos, tempestades de ideias acontecem, de forma lúdica e descontraída, aquecidas por goles da bebida.

O café também estimula o raciocínio para a aplicação de metodologias ágeis (design thinking), que buscam a solução de problemas de forma colaborativa.

“O mindset da inovação requer energia e o café é um companheiro que ajuda a pensar fora da caixa”, analisa o jornalista e gestor de conteúdo do Black Sheep Project, Francisco Vargas. Para ele, o café funciona como um combustível para pensamentos disruptivos. “Ao pensar em uma startup, na maneira como as coisas acontecem e se desenvolvem, é impossível não associar ao café”, complementa.

Empreendedores de startups também lançam mão do café como forma de se conectar com futuros investidores. Um exemplo disso é o espaço reservado para o café nas edições do Campus Party, imersão de inovação que acontece em várias capitais brasileiras.

Basta você fazer uma busca no Google: nove entre dez imagens que se associam à cultura startup têm um café na mesa – em xícara ou em um copo take away.

Alguém ainda duvida que café é combustível da inovação?

Veja quantas xícaras de café nesta mesa startup